Quomodo Blog

Bom, eu sempre fui conhecida pela fama de comilona. Nunca tive problema com isso, na verdade até gostava mesmo mais da Magali do que da Mônica. Mas gente, que maravilha essa vida de gestante! A gente pode comer tudo e ninguém fala nada!

Magali

Outro dia fui a um restaurante de comida mineira, paguei pelo prato à la carte (abdicando do serviço de buffet), e o garçom, ao reparar na minha barriga que ainda nem estava tão saliente, me disse que eu poderia ficar a vontade para pegar algum prato do buffet se tivesse vontade. (!).

Pois é, se já não bastasse o processo natural de luto da barriga que as mulheres grávidas sofrem após o nascimento do bebê, ainda temos esses tantos privilégios (maravilhosos, diga-se de passagem) que fazem a gente sentir mais saudade ainda desse momento maravilhoso.

Gestante

Acho sinceramente que a grávida pode fazer praticamente tudo, com exceção mesmo das  últimas semanas, em que a gente mesmo começa a perceber nossas limitações (faz 2 semanas que entrei no último trimestre e já sinto cansaço ao pegar coisas que caem no chão, por exemplo), e por isso continuo pegando com todo gosto meu filho no colo (15kg). Mesmo assim, curto as pequenas gentilezas recebidas no dia-a-dia: “sente-se aqui”, “deixa que eu passo essa roupa”…

Você sente esse privilégio por estar grávida?

Um abraço.

Cecília.

Deixe aqui seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não envie SPAM para nosso Blog. Seu comentário será avaliado pelo nosso administrador.