Quomodo Blog

Aos poucos a temperatura média está mudando. Não é para menos: em março, o verão se despede e dá espaço para o outono. A nova estação é uma das mais amadas por trazer uma coloração alaranjada e temperaturas mais amenas. Esse último aspecto deve ganhar atenção redobrada dos pais, já que a queda da temperatura pode provocar resfriado ou doenças respiratórias nos pequenos.

 

Por isso, os cobertores devem virar peça essencial na bolsa dos bebês. Neste texto listamos alguns dos motivos e damos dicas de como combinar o item com outras peças e assim garantir que os bebês estarão bem agasalhados. Confira!

 

Motivos para sempre ter um cobertor à mão

 

No nosso post sobre os itens de enxoval para o inverno, ressaltamos a importância de colocar mantas e cobertores na lista. Não foi para menos: são itens essenciais em qualquer estação, mas ganham peso nos dias mais frios pois ajudam a proteger os pequenos.

 

 

Apesar do objetivo principal ser aquecer os bebês, os cobertores podem ter outras funções. Se a criança estiver muito irritada e chorando bastante, os pais podem enrolá-la tipo “charutinho”. Achou essa expressão estranha? Estamos falando de uma técnica muito antiga, que agora está voltando à moda. Em poucas palavras, ela consiste em enrolar o pequeno com os braços junto ao corpo, deixando-o apertadinho – mas sem exagero, claro!, se não corre o risco de sufocar a criança. Essa seria a posição que os bebês ficam no útero da mãe e, ao recriá-la, o pimpolho se acalma.

 

De olho nos modelos e tecidos

 

Para quem mora em regiões mais frias, como o Sul e o Sudeste, é bom ter dois tipos de cobertores: um para passeio e outro para o berço. A diferença é simples. O comum mede por volta de 70 centímetros e são mais usados para o dia-a-dia e para cobrir a criança durante os passeios. Já os de berço são maiores, com mais de um metro de comprimento, e servem para cobrir o bebê enquanto ele dorme no berço.  

 

 

Outra questão que deve ser levada em consideração são os tecidos. A malha, por ser mais leve, serve para dias quentes. O tricô é mais quentinho, ideal para o outono e temperaturas mais amenas. Agora, se o dia estiver realmente frio, o soft é o ideal. Ele é bem quentinho e pode se assemelhar a cobertores finos, fazendo um ótimo trabalho mantendo o filhote aquecido.

 

Deu para perceber que os cobertores são grande aliados dos pais, independente da estação! Porém, como daqui a pouco o inverno está batendo na porta, o ideal é investir desde já em modelos mais quentinhos. A Loja Era Uma Vez está com lançamentos de cobertores de soft a preços acessíveis e com entrega para todo o Brasil. Entre no site e confira!

Deixe aqui seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não envie SPAM para nosso Blog. Seu comentário será avaliado pelo nosso administrador.