Quomodo Blog

babyface-1-1547753Os filhos herdam muito coisa nossa além da cor dos olhos e dos cabelos lisos, crespos ou cacheados. É normal que não somente os pais como outras pessoas ao redor (aliás, acho que as outras pessoas fazem isso muito mais do que a gente), fiquem muito tempo tentando identificar as semelhanças do bebê: “Ele tem o seu nariz”, “Ele faz biquinho igual a sua irmã”, e assim vai…

Mas a tarefa mais difícil é identificar as coisas que são DELE. Afinal, ele nasceu da união de dois DNA´s (eu por sua vez eram união de outros), mas ele é uma pessoa diferente. Ele terá seus próprios hábitos, ele terá sua própria personalidade. E apesar de toda a influência que o ambiente familiar fará na formação dele como indivíduo e na forma como ele irá lidar com suas questões ao longo da vida, ele ainda assim, será uma OUTRA pessoa. Já parou para pensar nisso?

innocence-iv-1438684

Isso mesmo: esse bebê fofinho que habita (ou habitou) o ventre materno durante os 9 meses, interagindo com os pais através de movimentos (muitas vezes já interpretados pelos pais como respostas), ele é uma pessoinha com vontade própria. Conforme ele for crescendo, mais e mais você vai ver que de nada adianta querer que ele seja assim ou assado, ele será o que ele tem que ser mesmo. E isso pode não te agradar a princípio (já que ela é a telinha de projeção das suas vontades), mas será um delicioso exercício aprender que não importa o que aconteça, você sempre vai amá-lo…. e eu tenho certeza de que você não vai se decepcionar! :-)

Um abraço.

Cecília.