Quomodo Blog

Na hora de montar o enxoval do bebê, os pais pensam, principalmente, em fraldas e roupas que vão acompanhar a criança nos seus primeiros meses de vida. Afinal, são tantas informações a serem absorvidas que é normal focar nessas peças. Porém, o texto de hoje veio falar sobre outra coisa: itens de higiene para o enxoval do bebê.

 

É claro que cada bebê vai ter seu próprio ritmo e vontades, mas criamos esta lista para abranger as principais necessidades das crianças e dos pais. Lembrem-se que a higiene e o cuidado do bebê são importantíssimos e devem ser levados muito à sério, já que trocar fralda, cortar as unhas e dar banho são algumas das atividades que vão virar rotina. Por isso, é bom investir em produtos de qualidade, ou seja, seguros, duráveis e fáceis de lavar.

 

Kit cuidados para o bebê

 

Imagina só, reunir em um só kit tudo o que os pequenos precisam? Pois é isso que esses produtos oferecem: praticidade e eficiência. Alguns dos itens que podem aparecer nesses kits são: dosadores de medicamento, jogo de manicure, pente, escova, massageador dental de silicone e termômetro para banho.

 

 

Mais para frente vamos dar mais detalhes sobre o jogo de manicure, então, neste tópico, vamos falar sobre os outros itens que vem dentro do kit de cuidados. Os dosadores de medicamento são essenciais porque nem todo remédio vem com seu próprio dosador.

 

O pente serve para ajeitar o cabelo do pequeno e o massageador dental de silicone ajuda no período delicado que é o nascimento dos primeiros dentinhos do bebê. Além de limpar a região, o produto alivia a “coceirinha” da gengiva, estimulando o nascimento dos dentes.

 

Por fim, o termômetro para banho permite que os pais vejam se a água está em uma temperatura ideal para os pequenos, que costuma girar em torno de 36 graus. Na hora de encher a banheira, comece com a água fria e equilibre com a quente. Use o termômetro para saber quando atingiu a temperatura certa.

 

Jogo de manicure

 

É importante que os bebês fiquem com as unhas sempre curtinhas para não se arranharem e também por higiene, já que pode-se acumular sujeira embaixo das unhas. O jogo de manicure traz tudo o que é preciso para cuidar dessa parte do corpo: tesoura, cortador de unhas e lixa.

 

#FicaDica: Evite cortar as unhas dos pequenos nos seus primeiros dias de vida, pois elas ainda estão muito flexíveis e podem causar sangramento. Depois de um tempo, elas ficam mais rígidas, facilitando na hora de apará-las. Mas mesmo assim é preciso tomar cuidado! As unhas da mão crescem mais rápido e, dependendo, devem ser cortadas mais de uma vez por semana. Já as dos pés exigem menos frequência, variando de bebê pra bebê.

 

 

Gostou das nossas dicas? Então fique sempre ligado aqui no nosso site, onde postamos vários textos para os papais curtirem melhor o tempo com os pequenos. Lá na Loja Era Uma Vez tem esses e muitos outros produtos voltados para os  cuidados de bebês e crianças. Entre no site e confira as opções de pagamento e as promoções imperdíveis!

seguro-saude

Ontem tive um dia bem longo. Meu filho precisou fazer uma cirurgia bem simples, mas as 5h da manhã já tínhamos que estar no hospital, com alta prevista para o mesmo dia.

Hospital sempre foi a minha praia. Quando tinha 16 anos meu primeiro emprego foi em um. Amava a rotina, mesmo tendo que trabalhar todos os dias, sem feriado ou final de semana. Acho que esse clima corrido e tenso faz as pessoas ficarem mais unidas, e no fim nosso sentimento era de sermos uma grande família. E quando me formei em Psicologia alguns anos mais tarde nunca tive dúvida que essa seria minha escolha sempre. E lá fui fazer a minha Pós em Psicologia Hospitalar. E como imaginava, cada dia tenho mais certeza de ter escolhido o caminho certo.

Mas enfim, o que queria compartilhar com vocês é que ontem meu papel era diferente no hospital. Não era de profissional e nem mesmo de paciente (como também já fui algumas vezes), mas sim de mãe. Uma mãe no hospital. E já atendi muitas mães no hospital. Permiti que expressassem seus sentimentos, acolhi. Já fui também mãe em UTI Neonatal, quando meu filhote tinha apenas 3 dias. Sei que cada caso é um caso, mas para todas as mães, a certeza é a mesma. Elas não queriam estar ali. Elas não queriam que seus filhos estivessem ali. E ontem vi que estar ali não é nada fácil. Temos que mostrar muita força para os nossos pequenos, temos que acalmá-los quando estiverem com medo, temos que ser sinceras, sem desesperá-los. Temos que responder todas as perguntas, mesmo sem saber responder muitas delas.

Pensei nas mães que vivem lá. Nas mães que estão com filhos em tratamento, em todos os sentimentos e pensamentos que passam por essas mães. Caramba, não é nada fácil. Eu diria, é umas das coisas mais difíceis do mundo. E por isso essas mães merecem meu total respeito, e mais do que isso, é por elas que acredito na minha profissão. É nelas que penso quando tenho a certeza de que escolhi o caminho certo…

mae

O meu pensamento mais positivo de hoje vai para elas.

Um abraço.

Cecília

Pode parecer bobagem, mas um simples colírio pode causar um aborto. A verdade é que as pessoas acreditam que certos medicamentos são nulos de efeitos colaterais, mas mesmo um colírio, por ser vasoconstritor, pode reduzir o fluxo de sangue na placenta, causar o aumento da pressão arterial e outras doenças vasculares na gestante.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 3% dos defeitos nos bebês foram causados pelo uso indevido de medicamentos sem orientação médica durante a gravidez, sendo que 40% das gestantes afirmam que usaram colírios sem prescrição médica.

 

Muitas pessoas desconhecem o fato de que os colírios são vasoconstritores, ou seja, eles reduzem o fluxo do sangue nos vasos, inclusive o da placenta, afetando assim a saúde do bebê. Além disse, também há a possibilidade de a gestante sofrer alteração arterial (hipertensão) complicando a gestação, correndo o risco do aborto ou complicações durante o parto.

 

A alegação para o uso de colírios durante a gravidez é que os olhos ficam avermelhados, mas isso ocorre devido ao aumento da produção de hormônios na mulher, que além de vermelhos também podem ficar secos. No caso de grande incômodo, a gestante deve consultar um oftalmologista que irá avaliar seu período de gestação para recomendar o colírio ideal, que não interfira na saúde da gestante e do bebê.

 

7 de dez de 2012
Férias chegando, uma época maravilhosa para você curtir seu bebê, passear, conhecer lugares novos, ou até visitar os familiares, ...