Quomodo Blog

Hoje peço licença para dar uma viajada básica… rs.

Desde que descobri que estou grávida da Marília passei por alguns contratempos, aborrecimentos, imprevistos… e percebi como é importante para mim e principalmente para essa vida que carrego em meu ventre, que eu mantenha a minha serenidade e calma diante de todas as situações.

doida

A gravidez do Thiago teve um cenário bem diferente, eu me lembro de ficar quase o dia todo de pernas para o ar, só curtindo cada segundo e acariciando minha barriga, orgulhosa, sem muitas preocupações além das normais de toda grávida de primeira viagem. Hoje está tudo diferente, tenho muitas coisas para fazer, organizar e decidir, e ainda – e nem um pouco menos importante – tenho a presença marcante do meu filho ao meu lado, precisando de mim, pedindo minha atenção, meus carinhos, meus afagos. Ele também me ajuda um pouco a tentar me equilibrar quando percebo minha energia oscilando muito. Se perco a paciência com alguma arte simples de qualquer criança, logo consigo me perceber e tento fazer algo para voltar a serenidade.

Não é nada fácil, mas o que estou querendo dizer é que estou aprendendo a me reiventar, buscar várias formas e técnicas para me manter mais perto das coisas que me fazem bem. Um relaxamento, uma música, uma dança, um momento bom na cabeça, um alongamento mais prolongado, uma oração. Existem várias formas de buscarmos o contato com nós mesmos, bem lá no fundo, aquela essência perdida que no dia-a-dia se perde e deixamos esquecida… espero que faça sentido para você que me lê.

meditating-1189598

E você, consegue perceber quando sua energia está parecendo sumir? O que você faz para se sentir melhor, para dar a volta por cima? Acredite, perceber-se sobrecarregada é o primeiro passo para sair da inércia!

Um abraço.

Cecília.